Inicio >> Notícias >> A camisinha certa para a transa perfeita

A camisinha certa para a transa perfeita

Nem só de tamanho certo vive a escolha do preservativo ideal. Selecionamos 10 fatores que podem e devem interferir na hora H.

Dizer que usar camisinha é como chupar bala com papel é coisa do passado — ou pelo menos deveria.

Uma pesquisa realizada, em 2014, pelo Ministério da Saúde mostrou que 94% da população sexualmente ativa reconhece a eficiência da camisinha como prevenção de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), como a Aids.

Camisinha

(Getty Images/Fonte padrão)

Na teoria, perfeito. Na prática, no entanto, 45% admitem que não recorreram ao método nos 12 meses anteriores ao levantamento do estudo.

Agora você não tem mais desculpa para dispensar a proteção. Desconforto, falta de sensibilidade, ejaculação precoce… Esses e outros perrengues podem ser resolvidos se você usar o modelo de preservativo correto.

Vale testar vários até encontrar o seu. Já dizia o provérbio popular: cada cabeça uma sentença. Aqui, opções para todas elas.

Para fazer sexo anal

O importante aqui é garantir boa lubrificação, já que a região é diferente da vagina. Aposte em preservativos com lubrificação dupla, assim o pênis desliza melhor.

“Evite os que têm sabor ou ‘efeitos especiais’, principalmente aqueles que esquentam, pois a mucosa do ânus é muito sensível, pode arder e doer”, explica Carlos Eduardo Carrion, psiquiatra do Rio Grande do Sul.

Para transar na água

“Prefira preservativos com neon e também os chamados ‘sensitive’, que dão a impressão de que você está sem nada”, diz Carla Cecarello, psicóloga e sexóloga, em São Paulo.

Mais: como a água pode ressecar a pele, aposte em lubrificantes. “A mulher deve colocar e ser penetrada em seguida, porque esses lubrificantes são hidrossolúveis.

Para o período fértil dela

Convém usar camisinhas que já vêm com espermicida. “Mesmo que um espermatozoide escape, encontrará um ambiente hostil. Além disso, é bom evitar os preservativos mais finos ou de tamanho inadequado ao seu pênis”, afirma Carrion.

Para dar a impressão de ser maior

Preservativos com textura são ideais. Ondulações, relevos e bolinhas prometem dar um up nas sensações. “Eles causam maior atrito na hora H”, diz Carla.

Há mulheres que dizem que camisinhas texturizadas dão a impressão de aumento tanto no tamanho quanto no diâmetro.

Para os bem-dotados

Algumas marcas já fabricam camisinhas nos tamanhos G e GG. Evite preservativos que tenham qualquer incremento.

“Algumas mulheres se queixam de dor com as texturizadas, por exemplo, e isso pode dificultar ainda mais a penetração”, explica Carla.

Para evitar ejaculação precoce

Existem preservativos que retardam a ejaculação. O efeito vem da ação anestésica. “Mas só funcionam nas primeiras vezes. Além disso, podem diminuir muito a sensação de prazer, inclusive da parceria, caso tenha anestésico do lado de fora”, explica Carrion.

Usar camisinha mais espessa também não dá grandes resultados. “Talvez a solução esteja em procurar um terapeuta sexual ou urologista, que podem dar uma solução mais efetiva e mais rápida”, diz o psiquiatra.

Para receber sexo oral

Aqui, a criatividade pode ser garantia de prazer. Confira se ela curte camisinhas com sabores — tem para todos os gostos! Além disso, as com neon são boas opções.

“São divertidas, agregam descontração. Isso é válido principalmente quando a parceira não aprecia muito o sexo oral”, explica Carla. Há também os preservativos de língua, porém eles só protegem essa região.

Para masturbá-la

Já ouviu falar em “kit dedeira”? Sim, são camisinhas para o dedo. A ideia é encapar e usar a criatividade para brincar com a parceira.

Tem modelo texturizado, que promete virar os olhos dela.

Para quem acha que perde sensibilidade

Muitos homens reclamam que a camisinha diminui a sensibilidade na região. Por isso é que muitas marcas apostam em preservativos mais finos, os ”sensitive”.

De acordo com a sexóloga Carla, eles são capazes de resolver o problema e passam quase completamente a impressão de pele com pele.

Para apimentar as coisas

Caso procure algo totalmente diferente do que foi citado acima, tente um preservativo um pouco mais estimulante — como uma camisinha que esquenta e esfria —, resultando no máximo de prazer a ambos.

Fonte: Revista VIP

LEIA TAMBÉM

Último grande evento do Mercado Erótico de 2017 acontece em SP

Vem aí o evento mais esperado do ano no mercado sensual! O 6º Congresso Nacional A …